ARTETERAPIA APLICADA À ANSIEDADE

Oficina - olho de Deus
Oficina - aquarela com hidrográfica
Desenho
Oficina - colagem
Oficina - mandala grãos1
Mostrar Mais

ARTETERAPIA APLICADA À DEPRESSÃO E ANSIEDADE

 

A depressão está associada à inadaptação a situações adversas, estresse, sobrecarga e predisposição genética. Idosos são mais vulneráveis à depressão. Os sintomas da depressão em idosos podem ser diferentes do que em populações mais jovens. Muitos idosos não dizem que estão tristes, mas que sentem mais fadiga, dores, pouca energia, desânimo, falta de esperança que, para eles, podem ser atribuídas a causas físicas ou aos eventos estressantes da vida (Park, 2011; Castro-Costa in Bottino, 2012).

De acordo com vários autores, as terapias não farmacológicas são muito importantes para o aprendizado de novas formas de enfrentamento de problemas (Kiosses, 2011; McCaffrey et al, 2011).

A Arteterapia é uma intervenção que tem demonstrado diminuir a depressão em idosos por permitir-lhes expressar seus sentimentos de tristeza e perdas (Harnden et al, 2004; Johnson et al, 2006). Valorizar as experiências de vida e encontrar objetivos na fase tardia da vida é imprescindível para o bem-estar. Muitas pessoas idosas percebem a importância de transformar sentimentos e atribuir novos significados para as vivências; para tanto, a Arteterapia aplica-se a essa etapa de vida, trazendo o reconhecimento de si, o que pode gerar melhora na autoestima. 

 

                                                                                                                                Eliana Cecilia Ciasca